quinta-feira, dezembro 20, 2007

3 teorias para explicar a "nova" cara da Manuela Moura Guedes


Teoria 1:
A Manuela foi fazer uma reportagem sobre a deflorestação na Amazónia. Ecóloga convicta, resolve a passar a noite na floresta. Infelizmente o alarme não tocou, e os madeireiros começaram o seu trabalho enquanto a Manuela dormia. Pontaria das pontarias!, a 1ª Jequitibá de 60 metros a ser deitada abaixo caiu-lhe exactamente na cara.

Teoria 2:
A Manuela estava no seu jogging matinal, e não reparou que ficou com o atacador preso no pára-choques de um camião TIR que transportava 2 toneladas de lâminas de barbear e 4 toneladas de after-shave, e que se abastecia nesse momento no posto da GALP em Palmela. O camião começou a andar, não se apercebendo o motorista que arrastava a Manuela pela estrada fora. Felizmente, nos arredores de Cracóvia, tomou conhecimento da situação ao olhar pelo retrovisor, despistando-se em seguida e espalhando a mercadoria em cima da Srª Guedes.

Teoria 3:
Numa viagem que fez à Amazónia (chiça!, deve ter pontos de passageira frequente), a Manuela foi picada na cara por uma barata gigante que lhe colocou ovos sob a pele. No entanto, já outra barata tinha feito o mesmo, e desde então as duas hordes lutam entre si para decidir quem domina aquela região. Inconformado, o José Eduardo Moniz borrifa diariamente a cara da esposa com pesticida, usando também um rolo da massa no intuito de esmagar possíveis larvas que ainda por lá habitem.

1 comentário:

90kilos disse...

Começo a achar que este blog está unicamente direccionado para me....vá, arreliar.

Mais uma vez, quando era eu que queria gozar com uma figura pública, "alguem" fico muito chocado, citando mesmo autoridades no sentido de me impedir, agora, só pq essa pessoa (LOPES!!!!) quer escrever sobre pessoas que quase me são próximas vale tudo!!!

Desta vez vou deixar passar, o caminho para a felicidade faz-se por uma rua esburacada...esburacada como a cara de quem??

Ná....eu não entro por esse caminho...